Artigos & Notícias

Newsletter
Assine nosso Newsletter e receba notícias e campanhas da Clinicastro
Nome:
E-mail:
Perguntas Frequentes
Psicoterapia tem como finalidade auxiliar o paciente a resolver crises vitais e acidentais, remover sintomas agudos de quadros de transtornos mentais, como angustia, fobia, paranoia etc, proporcionar melhor adaptação na família, sociedade e trabalho; oferecendo apoio com vistas a um melhor enfrentamento de situações difíceis. Em geral as psicoterapias são realizadas em uma média de uma a duas sessões semanais, podendo ser claro com frequência maior ou menor como quinzenal ou mensal. A duração da sessão é de 50 minutos e o tempo de tratamento será enquanto estiver, de fato, se processando melhoras na qualidade de vida do paciente.
 
Realiza terapia individual para crianças, adolescentes e adultos seguindo a linha de tratamento psicanalítico
 
 
 
Qual o momento de começar?
 
Sempre é hora, seja para um auto-conhecimento ou para resolver algum conflito que o paciente não consegue resolver sozinho.
 
 
Psicólogo é para louco?
 
Não! O tratamento com psicólogo é construtivo ao ser humano e lhe oferece grandes melhoras na qualidade de vida! Infelizmente ainda existe muito preconceito acerca do trabalho de um psicólogo, onde algumas pessoas acreditam que pessoas normais não precisam, mero engano é sempre um ganho e uma ótima opção fazer terapia. E por outro lado algumas pessoas por vergonha de aceitar que precisam de ajuda acabam escondendo a necessidade de uma ajuda especializada e adiam seu tratamento; consequentemente sua qualidade de vida!
 
 
A psicoterapia promete a felicidade?
 
Não promete. O tratamento proposto é de aliviar os sintomas do sofrimento psíquico em todos seus estágios seja crônico ou agudo, como também e principalmente promover algumas e necessárias mudanças na estrutura psíquica do mundo interno do paciente, proporcionando melhor aproveitamento das energias consequentemente haverá uma harmonia da vida exterior com a interior, trazendo um sentimento de liberdade.
 
 
Psicoterapia pode levar alguns pacientes a piora ou até mesmo a loucura?
 
Não é verdade!! Durante todos estes anos de pratica psicoterápica não se conhece sequer um caso de um paciente que tenha enlouquecido devido a terapia.  O que se observa é a dificuldade do paciente em lidar com os sentimentos emergentes e a angustia o confunde, dando-lhe a sensação subjetiva de que esta enlouquecendo. Essa difícil fase da psicoterapia (analise como muitos chamam) representa um indicio promissor de que importantes mudanças estão se processando no psiquismos do paciente.
 
 
A queixa de que os psicólogos quase não falam nas sessões de terapia é verdade?
 
Não é verdade! Na época pioneira da psicanálise muitos autores psicanalíticos advogavam a necessidade do silêncio em favor a qualidade do tratamento.  Muitos pacientes sensíveis ao medo do desamparo ou a rejeição não suportam um mínimo de silêncio o que muitas vezes, é necessário e útil. Na atualidade poucos analistas falam pouco.
 
 
É verdade que Freud, a psicanálise e outros psicólogos e psicanalistas atacam as religiões e  crenças?
 
Não é verdade! Um bom psicólogo deve ter uma escuta atenta e aberta para perceber os aspectos sábios das crenças religiosas de cada paciente, ou a ausência delas, assim como também a possibilidade eventual de que determinado paciente possa estar se escondendo atrás da religião, como uma tentativa mágica, ou de fuga, de seus problemas psicológicos.
 
 
Porque uma terapia é tão demorada e custa caro?
 
No inicio o tempo médio era de poucos meses, de forma gradativa passou a durar alguns anos em média de cinco a oito anos. No inicio o objetivo era a remoção dos sintomas (problemas) logo as terapias era mais curtas, até porque as pretensões terapêuticas eram limitadas e o enfoque teórico ficava restrito. Ao passar dos anos os analistas foram percebendo que o importante era a analise da estrutura do caráter dos pacientes e os conhecimentos relativos ao desenvolvimento emocional.  Mas a duração do tratamento depende de cada caso e de cada paciente, pode durar uma média de três ou seis ou doze ou dezoito meses, ou mais dependendo da evolução do paciente.
Em relação ao custo elevado, trata-se na verdade até pelo número de sessões semanais realizadas durante muito tempo.


HOME <<

Direitos Reservados Clinicastro 2018